jump to navigation

História

O Começo

Motivado pelas corridas de automvéis, houve um grande interesse das grandes montadoras nacionais a promoverem os seus carros. Sabiam que colocar seus modernos automóveis em competições seria a prova definitiva da qualidade do produto. Então Willys, FNM, Simca e Vemag se apressaram em montar seus departamentos de competições, pois seria bom para o consumidor verificar o carro nas pistas para poder usá-lo nas ruas.

corrida3m.jpg
DKW Malzoni 1966 em Interlagos.

Foi nesse momento em 1964, que Jorge Lettry, chefe de departamento de competições da Vemag, trocou idéias com Rino Malzoni, um fazendeiro do interior de São Paulo que gostava de criar carrocerias esportivas para mecânicas existentes do mercado. Nessa época surgiu o Puma, numa pequena oficina de São Paulo, sendo o primeiro carro fora-de-série produzido do Brasil. Feito em fibra de vidro, era equipado com motor Vemag. Suas linhas lembravam a Ferrari já que se destinava às competições. Após grande sucesso nas pistas, ganhou as ruas conquistando especialmente os jovens que até hoje gostam desse carro por ter as suas linhas o formato de uma onda do mar. Ao estacionarmos o nosso Puma, se há alguma criança próxima, vem olhar o carro, demonstrando que seu desenho é sempre atual

.ondas70m.jpg

Em 1967 foram vendidas 125 unidades. Porém, mudanças no cenário automobilístico brasileiro começaram a ocorrer e uma delas foi a passagem do controle acionário da Vemag para a Volkswagen. Dessa forma, a Puma precisou escolher um outro conjunto mecânico para seus modelos. A escolha recaiu sobre o conjunto motor/câmbio/suspensão e plataforma do Karmann Ghia 1500. Afinal era uma mecânica confiável e com grande rede de assistência técnica. Mas a mudança resultou em um novo carro desenvolvido rapidamente e apresentado à diretoria da Volks em março de 1968, quando então foi lançado lançado no mercado o GT 1500. Era uma carroceria moderna e inspirada na Lamborghini Miura. Continuava um carro leve (640kg), custava o mesmo que dois Fuscas.

foto3gtsm.jpg gt69m.jpg

Em 1968 as vendas do GT 1500 foram de 151 unidades e em 1969, 272 veículos. Eram um sucesso, mas possuíam um motor de 60cv considerado fraco para o desenho do carro. Foi aí que a Puma começou a fabricar modelos com motores de maior cilindrada (até1800).

brasiliam.jpg

Quando a plataforma do Karmann Ghia parou de ser usada, foi utilizado então a do Brasília para servir na montagem dos Pumas. Novos comandos de válvulas(P1, P2 e P3) e câmbio com relações mais curtas foram implementadas. Em 1970, foi adotado o motor 1600 de série, quando então a Puma começou a fazer sucesso no exterior, exportando para a Europa, América do Sul e Estados Unidos, com alguns aperfeiçoamentos técnicos especiais. Assim, em 1970 foi lançado no mercado o GTE (exportação), que possuía qualidade melhor, com novas lanternas traseiras, lavador de pára-brisas, ventilação e opção de motores (1600 ou 1800) com dupla carburação (32 ou 40), além dos comandos P1, P2 e P3. O rádio e medidor de pressão do óleo também surgiram. Os modelos destinados a exportação ainda contavam com pisca alerta e duplo circuito de freios. Exportações: 1969 – 20 1970 – 15 1971 – 3 1972 – 59 1973 – 401 1974 – 13 1975 – 11 1976 – 28 1977 – 174 1978 – 441979 – 110 1980 – 157 Voltando no tempo ao que nos referimos das corridas, podemos ver a preparação de um Puma 1969 para as 12 Horas de Interlagos.

pumacompeticao1m.jpgpumacompeticao2m.jpg

A preparação foi efetuada após o carro ter sido todo desmontado num revendedor em SP. O carro foi transformado de 1500cc para 1700cc, com taxa de 9:1 de compressão, sistema de lubrificação cárter seco, carburação dupla Webber 46, freio a disco, chegando a ultrapassar os 190km/h. Fotos gentilmente cedidas pelo preparador de motores, Fernando.

O Conversível

O primeiro modelo conversível foi apresentado no VII Salão do Automóvel com o nome de GTS (Spider), era o mesmo carro que o fechado, porém com reforços estruturais e capota flexível. Opcionalmente poderia ser equipado com capota removível de fibra de vidro. Preenchendo uma lacuna deixada no mercado pelo Karmann Ghia e pelo Interlagos conversíveis, o Puma GTS agradou totalmente. Apesar de seu preço situar-se entre o do Opala SS e do Dodge ChargerRT, pouco tempo depois de seu lançamento surgiram filas de interessados na compra do GTS. Essa foi por sinal, durante muito tempo, uma condição para aqueles que desejavam comprar um Puma. Durante a década de 70, no mercado de usados os pumas eram os modelos com mais alto índice de valorização no mercado interno.

Puma Chevrolet

Em 1971 surgiu o primeiro protótipo do Puma GTO, conhecido como Puma Chevrolet, que possuía uma carroceria de fibra de vidro maior que o dos outros na qual foi montado um motor de 6 cilindros Chevrolet 3800cc. Foi a solução da Puma para conquistar espaço entre os Opalas e Dodges esportivos da época. A versão definitiva, totalmente diferente do protótipo, e com o mesmo motor Chevrolet, porém com 4100cc, foi apresentado ainda com o nome de GTO, no Salão do Automóvel de 1972. esse modelo entrou em fabricação regular apenas em 1974 e era um dos mais caros automóveis nacionais. Nesse momento no Brasil já havia outro sério concorrente para o Puma, que era o Maverick GT. Os modelos GTE e GTS continuaram numa trajetória ascendente nos mercados nacional e internacional sendo até montados na Venezuela e África do Sul.

gtegtsgtbm.jpg

Em 1976 surgiram então modificações na linha GTE/GTS encurtando o chassis do Brasília ao invés do Karmann Ghia e foi desenvolvida uma nova carroceria, mais larga, e os poucos cromados foram eliminados e várias melhorias aconteceram. O Puma fechado foi dotado de janelas laterais. Mecanicamente os modelos, que já usavam os motores 1600 do Brasília ao invés do Karmann Ghia de 1975, permaneceram inalterados. A partir de 1975 com as proibições de importações de automóveis impostas pelo governo, com a gasolina mais cara devido à crise do petróleo, os modelos nacionais de grandes motores não faziam tanto sucesso, e surgiram vários modelos fora-de-série: Adamo, Laffer, Bianco, Farus, Santa Matilde, Ventura e o Miura. A partir de 1979 foi lançado o Puma GTB/S2, ainda utilizando mecânica Chevrolet 250S, com uma carroceria totalmente nova, de linhas mais suaves e retas que as GTBs anteriores.

foto3gtbs2m.jpg

No fim dos anos 70 começou o declínio da Puma. Apesar das vendas continuarem boas a empresa começou a passar por sérios problemas financeiros. Mesmo assim, idealizou e lançou um novo modelo em 1980. Era o P-018, nada mais do que um GTE reformado que usava suspensão da Variant II. Somente 28 modelos foram vendidos entre 81 e 84. Em 81, os modelos tradicionais também foram modificados de estilo: novos pára-choques de borracha, novas lanternas de Brasília, e vários pequenos detalhes transformaram o GTE em GTI e o GTS em GTC. Infelizmente o destino da Puma estava traçado. Em 1984 quando a produção foi de 100 unidades (56 GTB, 32 GTC, 4 GTI, 6 P-018 e 2 Modelos desmontados para exportação) a Puma endividada, pediu concordata e suspendeu a produção. Em seguida uma empresa denominada Araucária Veículos continuou produzindo os Pumas, mas também a produção não foi adiante. Outra surgiu, Alfa Metais, também disposta a levar adiante o produto. Os modelos foram relançados como AMV(GTB), AM3(GTI) e AM4(GTC) com alterações de estilo. Mas entre 86 e 89 somente 36 carros foram montados e a empresa não continuou a produzí-los. am4m.jpg

A empresa AMV passou também a produzir pequenos caminhões com motores MWM e cambio Clarck.
Com a abertura do mercado interno no Brasil, vários carros comecaram a chegar com melhor desempenho e qualidade, ofuscando o brilho dos novos esportivos Puma, que acabaram deixando de ser fabricados em 1990. Pouquíssimas unidades do AMV e AM3 chegaram a ser fabricadas.

am3m.jpg

Em 1998 a Ford comprou os direitos sobre o nome Puma, afim de lançar um carro com esse nome. Os pequenos caminhões passaram então a trazer a marca AMV mas o emblema do Puma continua presente.

Anúncios

Comentários»

1. Miguel Amador - março 29, 2007

Eu gostaria de ter um puma!

2. Isaac - abril 23, 2007

Tenho uma a venda!

entre em contado!

no e-mail

conftodeolho@hotmail.com

Um Puma GTE ano 1980
amarelo. teto solar tenho foto..

obrigada pela atencao!

Isaac!

3. Fernando Ribeiro Alvarez - julho 5, 2007

Gostaria de esclarecer que o modelo P-018, não foi o resultado de uma transformação do GTE, conforme dito no histórico, ele é outro carro, totalmente diferente do GTE, nem os vidros, foram aproveitados do outro modelo. Ferri (Puma Clube)

4. jean carlos s varandas - outubro 13, 2007

ola!! possuo uma oficina de restaurações ,estou a procura de uma carroceria d puma gtb s1,para meu proprio uzo ficarei muito grato c puderem m ajudar!!
grato
jean

abdinegui - abril 20, 2013

tenho uma carroceria da puma gtb s1 completa. estou vendendo meu imail é abdinegui@hotmail.com

5. Souza Leao - novembro 15, 2007

Gostaria de saber com quem ficou os direitos da marca Puma Automoveis s.a depois que a alfa metais encerrou su produçao

6. rogerio andrade - fevereiro 19, 2008

tenho uma puma conversivel 1978, onde encontro a capota dela?

7. sonia - fevereiro 20, 2008

Preciso do telefone e ou endereço da Puma ou seja lá qual é o seu nome hoje, preciso de comprovação de assinatura na C.T. Se fôr possível atender eu ficaria muito grata.

8. monica - julho 23, 2008

Ola!

Por favor preciso saber endereço ou tel da empresa PUMA ou se nao for PUMA qual é o nome que ela esta, pois meu pai trabalhou alguns anos tras na empresa e precisa de um papel dela para poder entrar com a aposentadoria dele. Eu agradeço Obrigadoo

marco aurelio de figueiredo junior - maio 5, 2018

ligue para o rossato 041 999832136

9. Gerson de CuritibaPr - agosto 7, 2008

Por ultimo apuma era fabricada na ALFA METAIS em Curitiba,situada na A. Jucelino Kibichek, mas faliu, ate hoje existe o barracão . acredito que no cartorio de Curitiba deve ter quem esta cuidando da massa falida

10. beto - outubro 4, 2008

qual o numero do chassis do puma gts que tava no salao do automovel de 1973?
acho que este carro é o meu…

11. ary osvaldo(valdo) - novembro 16, 2008

convido os amantes do Puma a participarem de meu projeto com apoio de um ex piloto da formula 1, para o ano de 2.009 a copa puma, dentro deste projeto diferenciado de competição, as largadas serão do tipo Le Mans, interessados e melhores informações através do E Mail valdocar25@ibest.com.br com Valdo

12. OTAVIO - dezembro 14, 2008

POR FAVOR PRECISO SABER SE É ORIGINAL O NEMERO DO CHASSI DA MINHA PUMA GTE . TEM UMA PLAQUETA COM O NUMERO REBITADA NO TUNEL DO CARRO, É ORIGINAL OU O CERTO SERIA PINADO O NUMERO DIRETO NO CHASSI ?

13. GERSON BARBOSA - abril 10, 2009

TENHO UM PUMA AM3 /1990.
GOSTARIA DE SABER QUANTOS FORAM FEITO E SE O QUE EU TENHO, .E COM MOTOR AP ?

NUMERO DO CHASSI .E:9DFEGAM3AK1260007

14. Francisco Pinto - abril 21, 2009

Prezado Gerson
Tenho uma AM3 segundo minhas pesquisas foram feitos aproximadamente 21 carros .
Abraços Francisco

15. marco - junho 14, 2009

tenho uma puma conversivel 78. gostaria de saber se ela e gtc como consta no doc ou gts. alguem pode me informar?

16. juliana martns reis - setembro 8, 2009

oi gostaria de compra um puma conversivel mais nao sei se estarei fazendo um boa compra pois nao intendo de carro antigo

17. Getulio M. Amaral - outubro 11, 2009

Gostaria de saber se voce tem a carroceria de uma AM4 convercivel
e tambem ovalor

18. aline gomes - fevereiro 3, 2010

Qual era o nome da versão conversível do Puma?

19. aline gomes - fevereiro 3, 2010

Qual foi o primeiro carro de passeio produzido pela Ford no Brasil?

20. aline gomes - fevereiro 3, 2010

Em que país os Puma da década de 70 ainda são fabricados em pequena escala?

21. ALINE GOMES - fevereiro 4, 2010

ALGUME MIM RESPONDE

22. Ana Ventura - fevereiro 17, 2010

Em que país os Puma da década de 70 ainda são fabricados em pequena escala?

23. maltzsama - fevereiro 24, 2010

“Alguem mim responde” é foda! vai aprender a escrever animal

24. Silvio - março 16, 2010

Tenho uma Puma Gte 1970 vermelho, esta comigo ha mais de 11 anos. Carro raro, pois foram fabricados apenas 202 neste ano. Acredito ter poucos rodando legalmente, documentação, etc…
Está a venda, pois me submeti a uma cirurgia na coluna e não tenho como andar com ele. Não está original.

ANDERSON SIKACZ - agosto 19, 2016

tem ainda? qual teu email ? meu email é
vip.piscinas@hotmail.com

25. gabriel - março 30, 2010

aline e ana bom dia, meu nome e gabriel estou em joão pessoa eatava procurando informações sobre chassi e li seu desespero sobre os carros que ainda são fabricados com o nome puma são frabicados na africa do sul por uma empresa chamada se eu não me engano de bromer e só da uma pesquisada melhor na inter que voçê localiza

26. Hilton - julho 9, 2010

Ola, gostaria de saber apartir de que ano a puma começou a fabricar carros com uma carburaçao?

27. manoel de gravataí - dezembro 26, 2010

gostei da materia só faltou uns fora de serie tive quase todos(puma,Santa matilde 79,bianco 78,adamo 78,e os n~mencionados Villa gt ( bem manco)e atualmente um malzoni 78 (canhão).motor adapt.1.8 alcool,escap dimens.portas com controle,o bixinho é bom de curva o problema é parar o danado.to com um probleminha a l6O km ele quer decolar nada que um aerofolio n~possa corrigir o brabo é o geito que vai ficar o papo do danado alguem me dá uma ideia!!!manoel de Gravataí 051 34881169.

28. osvaldo b. ribeiro junior - dezembro 30, 2010

oi amigos estou restaurando um puma,gostaria de poder contar com apoio de vcs,pra fazer tudo bem cetinho!ele é convercivel amarelo.obrigado!

29. osvaldo b. ribeiro junior - dezembro 30, 2010

oi amigos estou restaurando um puma,gostaria de poder contar com apoio de vcs,pra fazer tudo bem certinho!ele é convercivel amarelo.obrigado!

30. alfeu pereira filho - janeiro 19, 2011

sou da época de 1978 . aos 10 anos o carro mais esportivo das praias sempre foi o puma , aos 31 anos considero ainda o carro mais haver com prais espero um dia poder comprar a marca e fabricalo com os novos motores com injeção eletrónica ,mais velozes e sem ranger o puma 3000 ,tissunami ,ofeu da uepcs ,valeu a pena produzir parabens pela fabricação

31. cesar - maio 4, 2011

EXISTE PUMA GTB S1 DAYTONA???? TEM UM PARA VENDER NA INTERNET???? NÃO É ORIGINAL???

32. marcos - julho 2, 2011

Tebhi uma carroceria conversível 1978 e gostaria de trocá-la por uma fechada uma fabricar a capota, pois já tenho um conversível. Alguém pode me ajudar???

ALCYR - agosto 28, 2014

ESTOUM INTERESSADO NESTE VEICULO , PROCURO UMA PARA RESTAURAR .

vitor robbi - outubro 15, 2014

Até que valor ? Fechado ou conversível ? vitor.robbi@yahoo.com.br

33. marcos - julho 2, 2011

Tebhi uma carroceria conversível 1978 e gostaria de trocá-la por uma fechada uma fabricar o teto e fazê-lo fechado, pois já tenho um conversível. Alguém pode me ajudar? marcosdiaspereira@ibest.com.br

34. putsgriilo - setembro 26, 2011

sou da cidade de matão-sp,ao lado da cidade de dobrada onde fica a fazenda chimbó onde foi criado o puma,acho uma tremenda sacanagem o que fizeram com minha família,pois meu avô alfredo domingos gerhard bergame foi um dos criadores do puma junto com rino,o mesmo trabalhou em boa parte da mecanica do carro entre outros setores e nao teve reconhecimento algum ou pelo menos seu nome na história do carro.isso me leva a ter cada vez mais vergonha de meu país,onde a grana fala mais alto,rino malzoni só teve toda essa fama por ter grana,tendo grana recebeu todo o prestigio da criação do puma,mas e toda sua equipe onde fica na historia,nao só estou falando de meu avô,mas de todos que ajudaram esse cara de pau a ganhar a fama.muitos vão achar que estou aqui falando bobagem,querendo aparecer,mais meu pai esta vivo sabe de toda a história,tem provas,documentos,e algumas fotos da época.inclusive o jornal da cidade de matão fez uma reportagem com nossa família reconhecendo o trabalho de meu avÕ,mais isso parou por aqui,nao saiu do jornal,incluve tenho o jornal guardado,fotos de meu avo com rino e de minha familia que na época morou na fazenda chimbó.caso tenha algum interessado em saber minha história,ou reclamar de algo entrem em contato.(g_sport-car@hotmail.com)o que mais sinto é meu avo estar morto e nao estar aqui conosco para ajudar acabar com esta farsa.obrigado.

Cid Andrade - julho 12, 2013

putsgriilo,
Gostei da observação, pois sou fã da Puma e gostaria muito de conhecer essa história; Se puder mande para mim. Deus te abençoe! e-mail: cid.andrade@bol.com.br

35. Andre Pedras - outubro 8, 2011

putsgriilo,
escaneia e manda TODO o material que vc tem para o Felipe Nicoliello do http://www.pumaclassic.com.br . Ele é a pessoa mais indicada para divulgar a história do seu avô e todo o material, pois o site dele é referência para a comunidade pumeira e demais historiadores da indústria automobilística.
um abraço,
André Pedras

36. Marcos - outubro 19, 2011

Boa noite colegas.
Sou o Marcos de Curitiba PR,e andei lendo que estima-se que foram produzidos somente 706 Pumas GTB S1 até o ano de 1978,mais discordo,pois eu possuo um GTB S1 ano 1979 e com o número 710,portanto tenho certeza que foram produzidos 710 carros ou mais e até 1979 e não 1978, tenho fotos do carro e da plaqueta de identificação se necessario posso enviar
Valeu um abraço.

37. alexandre - dezembro 16, 2011

tenho um puma 1977 lindo pra vender se alguem interessar entre em contato,,ele e converssivel,td funciona,.,,.

38. normel - janeiro 10, 2012

olá, Puma 4t caminhao 1982, bem original diesel, a venda interessados mandar e-mail:normel@webmilla.com.br

39. Demetrius francesconi - fevereiro 29, 2012

Que tragetória do puma,é incrivel como um carro tão antigo,supera carros novos.Desde pequeno sou apaixonado pelo puma,na rua da minha casa ficava um puma vermelho estacionado de um primo destante,agora tenho o meu puma amarelo lindo.

40. italo - abril 20, 2012

tenho uma puma 1978 conversivél, todas são o mesmo modelo?

41. Davi - fevereiro 8, 2016

Triste destino de todas indústrias de automóveis BRASILEIRA pois nunca tiveram apoio do governo quando entraram em dificuldade financeira, antes elas foram foi massacradas por quem deveria ajudar elas .
Bem diferente dos estados unidos que sempre apoiou suas empresas por isso é país de primeiro mundo.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: